como deixar meu blog conhecido
Como deixar meu blog conhecido? Veja 14 dicas para chegar lá
25/02/2021
tipos de conteúdos digitais
30 tipos de conteúdos digitais para crescer na internet
04/03/2021

Webwriting: o que é, características e 9 técnicas para fazer

Criar conteúdo para web pode parecer uma tarefa simples, mas é importante saber que o webwriting vai muito além disso.

Afinal, por mais que a democratização do acesso à internet possibilite que qualquer pessoa faça produção de conteúdo digital, é preciso ter domínio técnico.

Isto é: conhecer técnicas de como escrever textos irresistíveis e pensar em formas de tornar o conteúdo relevante para o público e para o Google.

Contudo, o webwriting pode te entregar tudo o que você precisa para alcançar resultados por meio da produção de conteúdo para web.

Para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto, acompanhe este post.

Nele, vamos explicar o que é webwriting, o que faz um webwriter e as principais características e técnicas da escrita para web.

Boa leitura!

Webwriting: o que é?

Webwriting é um conjunto de técnicas usadas para criar conteúdos para web com relevância e aquele toque irresistível.

Ou seja: que sejam interessantes para o usuário e também para os buscadores.

Em um mundo em que os consumidores estão cada vez mais conectados e passando mais tempo em frente às telas, a profissão webwriter ganha uma relevância ainda maior.

Considerando a grande concorrência das marcas na internet, conquistar presença com qualidade nem sempre é uma tarefa fácil.

É preciso sair na frente para responder às dúvidas dos consumidores antes mesmo que eles pensem a respeito delas.

Sabe por quê?

Basta olhar para si mesmo: quando você vai fazer uma pesquisa no Google é para tirar suas dúvidas, buscar soluções e suprir suas necessidades.

Certo?

Em contrapartida, em meio a tantos resultados quem vai ganhar sua atenção (e clique) será aquele conteúdo que melhor responder à sua intenção de busca.

É aí que entram as técnicas de webwriting, essenciais para melhorar a experiência do usuário e atender às demandas dos buscadores do Google.

É importante saber, ainda, que além de tudo isso, elas ajudam o leitor a permanecer mais tempo no seu site e a ter uma leitura mais agradável.

O que faz um webwriter?

Um webwriter, ou redator web, é um profissional que tem domínio das técnicas de produção de conteúdo relevante e otimizado para web.

Trocando em miúdos, é o especialista em redação de internet.

Isto é: um profissional que sabe escrever textos para web que vão ser bem posicionados pelos buscadores e atingir o público-alvo adequado.

Embora a profissão não exija uma formação específica, geralmente quem atua na área são escritores, jornalistas, marqueteiros e publicitários.

Conheça as atribuições do cargo e do perfil esperado desse profissional de conteúdo:

  • Capacidade analítica para entender as necessidades do público-alvo e sentimentos dos usuários
  • Conhecimento em redação publicitária e especialmente em linguagem persuasiva
  • Domínio das técnicas de SEO
  • Proatividade
  • Saber escrever utilizando a grafia correta
  • Ter paixão por tecnologia.

As principais características do webwriting

Como vamos explicar no próximo tópico, existem diversas técnicas de webwriting disponíveis hoje em dia.

Mas, se pudéssemos resumir as principais características do texto para o ambiente digital seriam:

  • Frases curtas
  • Linguagem concisa e objetiva
  • Parágrafos menores
  • Proximidade com o leitor
  • SEO 
  • Títulos autoexplicativos, instigantes e otimizados.

9 técnicas de webwriting para textos de blog

Tem interesse em trabalhar com webwriting ou pretende aprimorar ainda mais as técnicas que já utiliza?

Listamos a seguir algumas dicas úteis para alavancar a qualidade da sua produção de conteúdo para web:

Técnica 1. Use as palavras-chave adequadas, além de outras técnicas de SEO

Usar as palavras-chave mais adequadas é uma forma de aumentar consideravelmente as chances de que seu conteúdo apareça para o público certo.

Elas devem aparecer nos títulos, dentro dos textos e também nas descrições das imagens.

Para que seus textos para web sejam ainda melhor vistos pelos buscadores e, assim, melhor posicionados, use outras técnicas de SEO como tags, metatags e hierarquização de intertítulos.

Técnica 2. Crie textos para web relevantes

Produzir conteúdo relevante é entregar exatamente o que o leitor deseja, no momento em que ele mais precisa.

Para alcançar esse objetivo, estude bem sua persona e crie textos que vão responder às necessidades dela.

Técnica 3. Seja objetivo

Por mais que você queira que o leitor siga com a leitura até o final, é importante saber que ele nem sempre vai estar disposto a isso.

Assim sendo, cabe a você escrever de modo direto e prático.

Vá direto ao ponto para não perder nenhuma oportunidade de engajar o usuário.

Técnica 4. Use frases curtas

Para tornar a leitura dinâmica, facilitar a compreensão e a fixação de ideias por parte do leitor, escreva orações sucintas.

Também é uma forma de evitar confusões e dar fluidez ao conteúdo.

Técnica 5. Desperte a empatia do leitor

Fazer perguntas para proporcionar interatividade e citar exemplos que façam parte da bagagem cultural dos usuários são algumas formas de criar uma sensação de empatia.

Ou seja: aumenta aquela impressão de “Nossa! Este texto foi feito para mim!”, tornando, dessa forma, a leitura mais prazerosa.

Técnica 6. Lembre-se da escaneabilidade

Já reparou que na maioria das vezes que você faz uma pesquisa no Google, abre o conteúdo web e passa os olhos para ver se responde à sua necessidade?

Pois bem, no webwriting chamamos isso de escaneabilidade.

De modo mais simplificado, é o mesmo que usar recursos que facilitem a leitura.

Técnica 7. E também da hipertextualidade

Adicionar ao conteúdo para web recursos como áudios, imagens, infográficos e vídeos é uma forma eficiente de complementar a leitura.

Então, é bacana ter sempre em mente que escrever para web vai muito além de usar apenas palavras.

O foco deve ser sempre em facilitar a compreensão da mensagem.

Técnica 8. Transmita credibilidade ao citar fontes e referências

Diante de tantas fake news pela internet, quanto maior for o nível de credibilidade que conseguir conquistar com seu público, melhor.

Para não ficar parecendo um mentiroso, você pode usar fontes e referências confiáveis e inclusive inserir links para elas dentro dos seus textos.

Técnica 9. Use links dentro do texto

Falando em links, aí estão outros valiosos recursos quando o assunto é webwriting e SEO.

O modo com o qual você usa eles dentro do conteúdo facilita a experiência do usuário e é muito bem visto pelos mecanismos de busca.

É uma forma de indicar por onde ele pode continuar a navegar, caso tenha se interessado por determinados assuntos.

Produza conteúdo com quem entende de webwriting

Se você quer que o seu conteúdo chegue ao público certo e fique em destaque na primeira página do Google, é melhor contratar uma agência especializada em webwriting. 

Na Redator Hacker, você conta com um time de redatores especializados para criar seu projeto de conteúdo do zero e alavancar a reputação e visibilidade do seu site ou blog. 

E você ainda tem a opção de se tornar um desses profissionais, por meio do curso de SEO e marketing de conteúdo que ensina o método exclusivo Redator Hacker. 

Esperamos que o conceito de webwriting tenha ficado claro para você.Se você pretende usar essa técnica em favor do seu negócio, entre em contato com a gente para conhecer nossas soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *