Quanto ganha um jornalista (e como ganhar mais)
Importância do marketing digital para empresas
31 estatísticas definitivas sobre a importância do marketing digital
05/12/2018
Curso de SEO para blogs
Curso de SEO para blogs: vale a pena para o redator?
25/12/2018

Quanto ganha um jornalista (e como ter um salário melhor)

Quanto ganha um jornalista? Você sabe?

Difícil encontrar um estudante que ingressa na graduação em Jornalismo e não tenha essa dúvida.

Afinal, quem não quer uma carreira na qual possa fazer o que gosta e obter boa recompensa financeira por isso?

Neste artigo, vamos trazer a resposta e ir além, apontando um caminho para ser melhor remunerado nessa profissão.

Quanto ganha um jornalista

Quanto ganha um jornalista?

Muitos sonham com um salário de William Bonner, mas acabam encontrando uma remuneração que não chega a dois salários mínimos.

Infelizmente, essa é a realidade para muitos dos graduados em Jornalismo.

Dá até para traçar um paralelo com o mundo do futebol.

Assim como no esporte, existem os profissionais mais bem pagos, com salários astronômicos e, na outra ponta, um contingente gigante que trabalha duro para ter dinheiro para pagar as contas do mês.

Se você está mais perto de um time da quarta divisão do que do Real Madrid, não se sinta sozinho.

Como veremos no próximo tópico, essa é a realidade de boa parte dos jornalistas brasileiros.

Jornalista: salário em 21 estados

Para quem deseja saber quanto ganha um jornalista, a melhor referência é sempre o piso salarial do seu estado.

É verdade que, em alguns deles, não há acordo firmado entre os sindicatos patronal e dos trabalhadores.

Em outros, porém, até municípios definem em lei o salário mínimo de um jornalista.

Para que você tenha uma ideia mais clara sobre a remuneração desse profissional pelo Brasil, veja a seguir os dados de 21 estados.

O valor apresentado corresponde ao piso da categoria. Ou seja, nenhum jornalista pode ganhar menos do que isso.

Por outro lado, na prática, as empresas jornalísticas se amparam nele para não pagar nenhum centavo a mais.

Veja também a disposição dos resultados em ordem decrescente, do estado que melhor paga o jornalista no país àquele onde o salário é menor.

EstadoPiso
AlagoasR$3.565,27
ParanáR$3.384,79
MaranhãoR$2.722,84
Distrito FederalR$2.530,60
TocantinsR$2.467,84
Mato GrossoR$2.400,00
Santa CatarinaR$2.310,00
GoiásR$2.300,00
AcreR$2.258,48
10ºCearáR$2.153,12
11ºMinas GeraisR$1.987,00
12ºRio Grande do SulR$1.936,57
13ºSergipeR$1.750,98
14ºPiauíR$1.748,00
15ºMato Grosso do SulR$1.676,37
16ºRio Grande do NorteR$1.576,81
17ºSão PauloR$1.527,59
18ºParaíbaR$1.503,99
19ºEspírito SantoR$1.496,34
20ºPernambucoR$1.388,77
21ºRio de JaneiroR$1.115,44

Embora a confiabilidade dos dados seja garantida, é preciso ter cautela na sua análise.

O que acontece é que os valores podem variar conforme a carga horária, a localização do jornalista (se trabalha em veículo na capital ou no interior do estado) e até mesmo de acordo com o tipo de mídia (se rádio, tv, jornal ou internet).

No Rio de Janeiro, por exemplo, um redator recebe R$ 2.065,54 mensais por sete horas diárias de trabalho. Mas, se o emprego for em cidade com menos de 300 mil habitantes, seu salário cai para R$ 1.387,36.

Todos os valores da tabela estão disponíveis no site da Federação Nacional dos Jornalistas, a Fenaj.

Como ganhar mais como jornalista freelancer

Depois de descobrir quanto ganha um jornalista, qual a sensação que fica? Alegria e alívio ou tristeza e frustração?

Querendo fugir do Rio de Janeiro e se mudar para Alagoas?

Deixe para arrumar as malas depois. Existe uma oportunidade real de ser melhor remunerado na profissão que escolheu.

Como você sabe, a comunicação social vem passando por uma tremenda transformação digital.

Como reflexo disso, as pessoas não mais aguardam passivamente receber as informações por meios tradicionais. Agora, elas vão em busca do que desejam saber.

E onde isso acontece? Se pensou no Google, acertou.

É por isso que marcas e empresas do mundo todo disputam uma corrida para oferecer ao leitor a melhor resposta para aquilo que ele busca na web.

Isso se chama marketing de conteúdo – mas antes de torcer o nariz por ler a palavra “marketing”, leia este artigo para entender que há muitas semelhanças com o que você faz atualmente.

Ocorre que entregar a melhor resposta não é uma equação tão simples de resolver.

Exige muita pesquisa, apuração de informações, selecionar as melhores fontes, ter habilidade de escrita, ser didático no texto e usar as palavras certas para conduzir o leitor de forma suave, útil e interessante da primeira à última linha.

E quem você acha que é o profissional mais bem preparado para essa tarefa?

O jornalista, é claro.

Obviamente, existem redatores ótimos com formação nas mais variadas áreas do conhecimento, mas eles precisam de um esforço extra nessa jornada para desenvolver algo que o jornalista tem por talento: escrever bem.

Se a ideia parece atrativa e você deseja investir nela, a sugestão é que confira mais estes três artigos:

Quanto ganha um jornalista freelancer?

No tópico anterior, a gente contou que existe uma forma de ser melhor remunerado, que é trabalhando como redator online.

Mas, efetivamente, quanto ganha um jornalista freelancer, sem vínculo de emprego e que produz conteúdo para estratégias de marketing digital?

A resposta é: depende.

Seus rendimentos sempre vão variar conforme a sua produtividade. E isso tem os dois lados da história.

Se não se dedicar e faltar trabalho, pode até mesmo não ganhar nada.

Se for disciplinado e entregar textos de alta qualidade, nunca vão faltar clientes e o seu “salário” não terá um teto.

Tomando como base valores por texto que sugerimos neste outro artigo, um bom jornalista produtor de conteúdo pode cobrar entre R$ 0,07 e R$ 0,10 por palavra.

Se produzir todo dia útil artigos que totalizem 3.000 palavras, o que exige dele um ritmo de trabalho nada assustador, seus ganhos mensais serão superiores a R$ 4,5 mil.

É bem acima do piso salarial dos jornalistas em todos os estados brasileiros.

Imagine, então, que é possível otimizar a produtividade e escrever o dobro disso.

O que acha de ganhar perto de R$ 10 mil por mês?

Essa cifra é tão atrativa que até parece uma daquelas promessas malucas que volta e meia surgem, prometendo ganhos incríveis.

Mas não há nada de golpe ou pirâmide aí. É trabalho duro e matemática pura.

Pode acreditar: muitos jornalistas já transformaram a independência financeira na sua realidade.

Mude a sua realidade financeira também

Este artigo foi construído para responder quanto ganha um jornalista, uma dúvida comum a todo aluno que ingressa na faculdade para iniciar essa carreira.

Como vimos, infelizmente, essa não é uma das profissões mais valorizadas, ao menos não nos veículos de comunicação tradicionais.

Isso exige um novo olhar do profissional, buscando usar a sua habilidade de escrita para alcançar resultados financeiros melhores.

A excelente notícia é que essa oportunidade existe e está ao alcance de todos.

Prova disso é que os investimentos em marketing de conteúdo não param de crescer. Segundo a Content Trends 2018, 73% das empresas no país já adotam a estratégia.

A pesquisa também indica que 61,8% das demais pretendem adotar.

E sabe qual é a maior dificuldade de todas elas? A falta de equipe qualificada, o que foi citado por 32,8%.

É por isso que muitas empresas terceirizam a produção de conteúdo. E é por isso que você, jornalista, deve pensar com carinho em abraçar essa mudança na carreira.

Nós lançamos o curso Redator Hacker em 2017 justamente para oferecer conhecimentos ainda pouco acessíveis à maioria dos redatores.

Se dar bem nesse mercado exige saber o que é SEO (Search Engine Optimization), produzir um texto de qualidade e voltado à conversão.

Não é um bicho de sete cabeças, como nossos milhares de alunos já descobriram.

Que tal ser o próximo?

As portas para o seu sucesso profissional estão abertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *