conteúdo relevante
Conteúdo relevante: o que é, por que produzir e como criar
11/01/2021
agência de marketing para startups
Agência de marketing para startups: 5 dicas para escolher
18/01/2021

Assuntos para blog: como ter ideias e o que colocar no seu blog

assuntos para blog

Muitas vezes definir assuntos para blog pode parecer um desafio quase desesperador.

Você já conhece a importância de produzir conteúdo relevante e começa a pensar em ideias oportunas.

Logo, tem um insight brilhante e está convencido de que vai ser a primeira empresa a falar sobre o assunto.

Então, faz uma breve busca no Google e vê já tem várias outras delas abordando o mesmo tema.

Pois é, tudo pode parecer perdido neste momento e você pode até se sentir esgotado mentalmente para pensar em outras ideias.

Mas a boa notícia é que existem algumas dicas úteis para facilitar essa definição.

Vamos falar sobre elas ao longo deste post.

Vem com a gente!

assuntos para blog

Assuntos para blog: por que isso importa?

Direto ao ponto, definir assuntos para blog é o ponto de partida para atrair potenciais clientes para o seu site.

É a partir do assunto de um post que o usuário vai avaliar se esse conteúdo pode ser útil para ele ou não.

Para ficar ainda mais clara a importância da definição de assuntos para blog basta fazer uma busca no Google e observar os resultados exibidos na primeira página.

Você vai ver que alguns assuntos chamam mais atenção do que outros e é aí que está a grande sacada: saber desenvolver temas atrativos.

Assuntos para blog como sacada estratégica no inbound marketing

Agora, aprofundando um pouco mais o conhecimento sobre assuntos para blog, você pode usá-los de modo estratégico.

Sim, estamos nos referindo à estratégia de inbound marketing, quando é possível definir temas específicos para as etapas do funil:

Topo de funil

Como o topo de funil representa o primeiro contato que um visitante tem com a sua empresa ou conteúdo, o assunto precisa ser mais abrangente.

É durante essa fase que ele vai descobrir que tem uma curiosidade, uma necessidade ou problema.

Portanto, o mais indicado é oferecer assuntos para blog que tratem de novidades, mostrem resultados de pesquisas ou expliquem “o que é” algo relacionado ao mercado em que se insere.

Meio de funil

No meio do funil, só chegam os visitantes que já demonstraram certo interesse pela sua marca, fornecendo informações pessoais em troca de ofertas ou conteúdos.

Nessa etapa os assuntos para blog devem ser mais aprofundados, mostrando como fazer, vantagens e desvantagens ou guias práticos para prospects e leads.

Fundo de funil

Já no fundo de funil, o lead já é qualificado e tem interesse em conteúdos mais aprofundados que o ajudem a entender a eficácia de seu produto ou serviço.

Então, o que recomendamos são assuntos que indiquem cases de sucesso para que ele entenda como sua solução pode ajudá-lo.

A força do conteúdo de blog em números

Como você pode ver, a definição de assuntos para blog pode ser muito mais importante e estratégica do que parece.

Veja só algumas estatísticas de mercado que comprovam a força do conteúdo de blog para marcas e empresas:

  • A chance de ter um retorno sobre o investimento (ROI) positivo é 13 vezes maior com ao inserir um blog em sua estratégia de marketing digital
  • Segundo a E-commerce Trends 2017, lojas que usam blogs alcançam três vezes mais visitas e 2,5 vezes mais clientes
  • Um site pode ganhar até 97% mais links com um blog, segundo estatísticas do HubsPot de 2020.

Como definir o que colocar no seu blog

Percebeu que precisa criar ou melhorar seu processo de definição de assuntos para blog?

Antes de tudo, abandone os achismos.

Por mais interessante que uma ideia pareça, ela precisa fazer sentido para o seu negócio, para a sua persona e para o contexto no qual se insere.

Confira algumas dicas para otimizar sua pesquisa de assuntos para blog:

1. Conheça suas personas

Olhar para o perfil do cliente ideal é a melhor forma de identificar o que pode ser relevante para ele, conhecer suas curiosidades, dúvidas, medos e necessidades.

2. Mapeie concorrentes

Mapear concorrentes é uma forma de conhecer o que já está sendo abordado pela concorrência e fazer melhor ou identificar o que ainda não está sendo dito.

3. Observe as ferramentas analíticas que tem acesso

Ferramentas analíticas como Google Analytics e Google Search Console podem fornecer preciosos insights sobre o seu público e o que ele busca.

Ao observar os dados disponíveis nessa plataforma você vai poder entender quem visita seu site, de onde essas pessoas vêm, o que mais acessam, entre outras informações.

4. Pesquise palavras-chave relevantes 

Palavras-chave são frases ou termos pelos quais os usuários fazem suas pesquisas em buscadores como o Google.

Ao identificar quais delas melhor se relacionam com seus assuntos para blog fica mais fácil posicionar seu post nos mecanismos de busca.

E, claro, ter seus conteúdos consumidos pelas pessoas certas.

5. Estude a SERP e se coloque no lugar do seu leitor

SERP quer dizer Search Engine Results Page: Página de Resultados dos Motores de Busca.

Se você estiver em dúvida entre uma palavra-chave ou outra, pode pesquisar cada uma delas para ver os resultados exibidos e se seus concorrentes estão bem posicionados para elas ou não.

Outra dica imprescindível é se colocar no lugar do leitor para tornar os assuntos para blog ainda mais atrativos e clicáveis.

Como pesquisar assuntos para escrever no blog

Bom, como você pode ver a definição de assuntos para blog passa sempre pela escolha de palavras-chave relevantes.

Então, nada mais justo do que explicar como fazer a pesquisa de assunto e keywords, certo?

Confira um breve passo a passo:

1. Crie tópicos de interesse para o seu público

Começando pelo básico, é hora de pensar em palavras, expressões e frases que tenham relação com seu negócio, produtos ou serviços.

Pense nos desdobramentos de cada um desses tópicos e você vai ver que terá uma infinidade de possibilidades de temáticas para tratar.

2. Analise portais de notícias, blogs, redes sociais e sites de concorrentes

Agora, pesquise por esses temas pela internet e veja o que está sendo falado em portais de notícias, pelos concorrentes e pelo próprio público.

Essa análise pode render insights para a sua definição de assuntos para blog.

3. Pesquise por palavras-chave em ferramentas de SEO

Para comprovar que os assuntos ou palavras-chave fazem jus à sua escolha você deve testá-las em ferramentas de pesquisa de palavras-chave.

Em suma, as três mais famosas no mercado e também mais completas são: Keyword Planner, Ubersuggest e SEMRush.

Vamos nos ater ao Ubersuggest, de ninguém mais e ninguém menos que Neil Patel, que é muito prática e fácil de usar.

Na página inicial da ferramenta, você deve analisar cada palavra-chave para obter novas ideias sobre termos parecidos ou relacionados.

Se quiser, você pode filtrar sua pesquisa de acordo com alguns critérios oferecidos pela ferramenta:

  • Volume de busca: para limitar keywords com volume mensal mínimo ou máximo
  • Paid Difficulty: para estabelecer um grau de dificuldade mínimo ou máximo de PPC
  • Custo por Clique: para determinar um valor mínimo ou máximo do que empresas estão pagando para fazer anúncios com essa palavra-chave
  • SEO Difficulty: para definir um grau de dificuldade mínimo ou máximo de SEO
  • Incluir palavras-chave: para informar quais palavras devem conter nos resultados
  • Excluir palavras-chave: para informar quais palavras não quer que apareçam entre os resultados.

4. Avalie as melhores oportunidades

Feito isso, basta exportar os resultados e avaliar as melhores oportunidades para o seu negócio.

Não se esqueça de analisar a concorrência e pensar duas ou três vezes antes de optar por uma palavra-chave que apresente um grande volume de buscas por mês.

As melhores oportunidades e mais fáceis de ranquear estão geralmente em termos menos concorridos —  fica a dica.

Garanta os melhores assuntos para blog

Se falta tempo para pesquisar assuntos para blog e palavras-chave, você pode deixar essa missão com nossos redatores hackers.

Nossa agência de conteúdo é especializada em criar projetos personalizados e pautas sob medida para os seus produtos e serviços, garantindo o melhor conteúdo para atrair os leads certos.

Além disso, o método exclusivo de SEO do Redator Hacker coloca sua empresa no topo do Google — e mantém a posição de destaque.

Gostou das dicas para escolher assuntos para blog?

Então, aproveite para conhecer melhor nosso trabalho e selecionar a melhor empresa de produção de conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *