Textos para SEO: Como Escrever Para o Google 2019 | Redator Hacker
Curso de SEO para blogs
Curso de SEO para blogs: vale a pena para o redator?
25/12/2018
Trabalho de redator freelancer
O que é h2 e h3: estrutura de SEO passo a passo
03/02/2019

Textos para SEO: Como Escrever Para o Google 2019

Qual é a importância dos textos para SEO?

Como eles afetam o posicionamento do seu site?

E como criá-los para disparar na frente da concorrência pelas melhores posições do Google?

Essas perguntas fazem todo o sentido, já que uma parcela considerável do marketing de conteúdo se relaciona com as buscas e os acessos orgânicos.

De fato, é o Google que traz o maior número de visitas, de forma sustentável.

Você sabe: nas redes sociais, o alcance orgânico é muito limitado.

Mas, com textos para SEO, você não precisa impulsionar a publicação para ter retorno.

O conteúdo de qualidade se vende sozinho e reforça muito a autoridade da marca, pois ganha a legitimidade do Google ao se transformar na melhor resposta para a dúvida do usuário.

Quando você digita “Qual é a importância dos textos para o SEO?”, por exemplo, os primeiros resultados tendem a ser as melhores respostas para a sua dúvida.

Este é o principal objetivo do buscador: oferecer uma solução para o seu problema, e o mais rápido possível.

Por isso, o texto é uma das duas peças principais da equação do SEO de um site.

Vamos entender melhor?

Siga a leitura para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e aprender como escrever para SEO.

Participante de um dos melhores programas de afiliados

O que são textos para SEO

Para saber o que são textos para SEO, primeiro é preciso compreender o que quer dizer esse termo.

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, que significa otimização de conteúdos e páginas para mecanismos de busca.

Logo, textos para SEO são conteúdos produzidos com base nessas estratégias de otimização.

Esse tipo de conteúdo é utilizado para atrair usuários, segmentar o público e levar leitores até o seu site.

Pode ser para um blog, e-commerce, site institucional, landing page ou produto.

No caminho até o usuário, o Google é um atalho importante para conectar pessoas à sua marca.

Quando o SEO é aplicado no texto, várias técnicas ajudam a torná-lo mais atrativo para o leitor, desde a escolha da palavra-chave ao conteúdo em si.

É a partir das técnicas de SEO que o Google pode compreender melhor a qualidade do seu texto e levá-lo ao topo do ranking da busca para os usuários.

Quanto melhores forem a otimização e a relevância do conteúdo, mais chances o seu texto tem de aparecer nas primeiras posições do buscador.

Então, consequentemente, mais pessoas irão encontrar a sua marca na internet.

Importância dos textos para SEO

Como referimos anteriormente, os textos para SEO são importantes para o sucesso da estratégia de marketing digital.

Com eles, é possível atrair a audiência a partir de um conteúdo relevante, gerar tráfego orgânico no site e instigar o leitor a virar um cliente da sua empresa.

Em outras palavras: conteúdo é tudo! E quando ele é otimizado para SEO, melhor ainda.

Em um artigo para o blog da agência Moz, que é referência na área de SEO, a especialista Britney Muller lembra que, embora publicidade paga, mídias sociais e outras plataformas gerem circulação em sites, a maioria do tráfego online é guiado por mecanismos de busca.

“Os resultados de pesquisa orgânica parecem mais confiáveis para os pesquisadores experientes e recebem muito mais cliques do que anúncios pagos”, ressalta ela.

Então, nada melhor do que você estar no topo dos resultados, certo?

Segundo Julia McCoy, CEO da agência Express Writers, em um texto para o Search Engine Journal, o motivo para investir nos textos SEO é simples: você não será ranqueado em mecanismos de busca sem eles.

“Otimizar os conteúdos durante a criação é feito ao assegurar que o seu conteúdo é centrado na audiência”, afirma.

Links complementam textos no SEO

Antes de entendermos como escrever para SEO e criar o melhor conteúdo para atingir as primeiras posições do Google, vale a pena considerar que o texto não é o único elemento levado em conta pelo buscador.

Além dele, o Google analisa muitos outros fatores, como a usabilidade do site, a estruturação correta do conteúdo na navegação e os links que o post recebe.

Esses links que o post recebe, chamados de backlinks, são essenciais para catapultar seu post para as alturas.

Isso porque o buscador considera que, quanto mais pessoas valorizarem determinado conteúdo como relevante e lincarem para ele, mais importante ele deve ser.

Essa diretriz, chamada de pagerank, foi o que diferenciou o Google da concorrência lá atrás, e ainda tem grande peso na equação do algoritmo usado pelo mecanismo de buscas.

Mas, cada vez mais, com a evolução da inteligência do buscador, os backlinks perdem relevância.

Isso porque o Google consegue hoje analisar uma infinidade de outros fatores dentro do conteúdo para determinar se aquele texto é, de fato, a melhor resposta para a dúvida do usuário.

Portanto, pouco a pouco, o melhor conteúdo, aquele que responde à demanda do leitor de forma mais eficiente, é aquele que dominará os resultados.

Por isso, o texto para SEO é essencial.

Trata-se da mais importante peça do quebra-cabeça do Google no longo prazo.

Então, é hora de aprender na prática como escrever para SEO.

Como escrever textos para SEO: passo a passo

Criamos um passo a passo completo para você escrever textos para SEO com potencial para figurar nas primeiras posições do Google. Confira!

1. Foque na busca do usuário

A primeira lição que você deve aprender é que o seu conteúdo será focado na busca do usuário.

Lembre-se de que os leitores são usuários que realizam buscas no Google sobre um assunto específico para solucionar um problema.

Pode ser que ele esteja querendo saber mais sobre alimentação vegana ou escolher um destino de férias.

O ponto a que queremos chegar é o seguinte: para SEO, você não pode escrever o texto simplesmente porque tem vontade de abordar um assunto específico.

O seu texto precisa ter como objetivo máximo responder às dúvidas do leitor e entregar exatamente o conteúdo que ele procura.

2. Encontre palavras-chave

O termo palavra-chave vem do inglês keyword.

Trata-se do exato termo que o usuário insere no navegador para fazer a busca.

Esse termo não necessariamente precisa ser uma palavra, pode ser também uma frase.

Por exemplo: se você tem um blog sobre arquitetura, a keyword pode ser tanto “tendências de decoração” quanto “quais são as tendências de decoração para casas na praia”.

Isso porque, cada vez mais, os usuários adotam tom de diálogo com o Google, como se estivessem perguntando algo a um amigo próximo.

Para criar um conteúdo relevante, você precisa encontrar as palavras-chave pelas quais o seu público está buscando.

Cada texto deve conter uma keyword principal.

Ferramentas online, como o Keyword Planner (gratuita), do Google, Ubersuggest (gratuita) e o SEMrush (paga, mas permite uso limitado de maneira gratuita) mapeiam as palavras-chaves mais procuradas, sugerem quais são melhores para usar em artigos e indicam o volume de buscas mensais.

Na hora de encontrar a palavra-chave ideal, também vale usar o Google Trends, uma ferramenta que mostra quais termos estão em alta no momento.

3. Crie a pauta

A pauta é um guia por escrito para a construção do texto.

Só que não é a sua preferência que define a pauta, mas sim a do leitor.

Primeiro: a pauta é construída em torno da palavra-chave.

Então, é absolutamente necessário que você compreenda a essência da keyword, ou seja, o que os usuários querem quando procuram por ela.

A pauta precisa conter todas as respostas desejadas pelo leitor.

Assim, se o usuário está buscando por “o que fazer em Paris no inverno”, você precisa oferecer a ele o guia mais completo possível sobre o assunto.

4. Escreva para o leitor

Ao longo de todo texto, você precisa se lembrar de que existe alguém do outro lado da tela.

Portanto, a regra absoluta é adotar um tom de conversa com o leitor para conquistá-lo.

Isso é ainda mais importante nas primeiras frases, em que você precisa convencer o leitor a ficar no texto.

Um bom início de texto seria abordar exatamente o problema do usuário: “Vai visitar a capital francesa nas férias, mas não sabe o que fazer em Paris no inverno?”.

A partir daí, você precisa deixar claro ao leitor qual é a vantagem de ele continuar a leitura.

Um segundo parágrafo, então, poderia ser: “Não se preocupe: aqui você encontrará as melhores dicas de passeios, restaurantes, museus e atividades para explorar a cidade até mesmo nas baixas temperaturas”.

5. Respeite a estrutura de h2 e h3 no texto

Os cabeçalhos h2 e h3 são subtítulos utilizados dentro do texto para deixar o conteúdo bem estruturado.

Eles são importantes para organizar o texto em blocos de informação que facilitam a vida do leitor.

Na prática, o h2 e h3 agregam valor ao texto e enriquecem a experiência do usuário.

O h2 é um subtítulo mais relevante para o Google e define o assunto de um bloco de conteúdo.

O h3 é um sub-subtítulo, que fica dentro do h2.

É preciso seguir essa estrutura para deixar claro ao Google quais informações são mais (ou menos)  importantes dentro do texto.

6. Faça links

A maneira mais eficiente de reforçar a autoridade para o seu site é colocar links confiáveis no texto.

O melhor link é aquele que realmente agrega para a experiência do leitor.

Nunca faça um texto sem fazer links para outros sites que são referência no assunto, livros e pesquisas.

Esses são os chamados links externos, que levam o usuário para fora do seu site.

Mas você também deve fazer links internos, direcionando o leitor para outras páginas dentro do seu próprio site.

7. Crie meta title e meta description

O meta title é o título do artigo que aparece na pesquisa no Google, portanto, é obrigatório que contenha a palavra-chave.

Já o meta description é a extensão do title. Ele resume o assunto abordado no post e cria identificação no leitor com aquilo que ele busca.

Essas informações são importantes para chamar a atenção do usuário quando ele estiver no motor de busca, instigá-lo a entrar no seu link e reforçar que o seu conteúdo possui credibilidade.

8. Encare o texto como a resolução de um problema

Não cansamos de bater na mesma tecla: o seu texto precisa resolver o problema do usuário.

Se você compreende o que o leitor busca com a palavra-chave (ou seja, o que ele deseja saber), então, o texto deve necessariamente responder à dúvida.

Para isso, o seu conteúdo precisa oferecer a melhor e maior resposta para o usuário, deixando o seu texto muito relevante e à frente dos concorrentes.

Agência de textos para SEO

Nossa agência de conteúdo, a Redator Hacker, é especializada em marketing de conteúdo com foco em SEO.

Ao longo do anos, criamos um método exclusivo para aumentar a performance dos textos, gerar autoridade para o site e colocá-lo nas primeiras posições do Google.

Se você já tentou contratar redator para o seu blog, sabe quão difícil é acertar a mão no conteúdo.

São muitos detalhes em jogo:

  • Tom de voz perfeito para a persona
  • Profundidade necessária para o assunto
  • Busca por referências de autoridade
  • Tratamento adequado ao serviço ou produto do cliente
  • Uso adequado do SEO e da estruturação do post para obter acessos e conversões.

Não adianta ignorar: boa parte dos textos publicados em blogs de empresas vão direto para a lata de lixo do Google.

Em uma varredura rápida, o buscador sabe que aquele texto pode até tentar fazer SEO, mas não merece o mérito das primeiras posições.

Mas recorrendo a uma agência de textos para SEO, você garante um conteúdo de qualidade, confiável e aprofundado.

Tudo conforme a necessidade da palavra-chave e a essência que deve estar presente no texto.

Se você nunca contratou esse tipo de serviço e está com dúvidas, dê uma olhada no nosso blog, baixe o guia 3 Segredos do Redator Hacker e entre em contato para uma avaliação personalizada.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *