Trabalhando com produção de conteúdo para sites e blogs
Como trabalhar com produção de conteúdo para sites e blogs
18/09/2017
Como ganhar dinheiro em casa trabalhando na internet
Como ganhar dinheiro em casa trabalhando na internet
11/10/2017

9 técnicas de SEO para o Google que levam seu artigo ao topo

Técnicas de SEO

Com as técnicas de SEO para o Google certas, seu conteúdo pode chegar ao topo dos resultados e atingir seu público-alvo em cheio.

Se você acha que alcançar as primeiras posições do buscador depende de sorte ou algo quase sobrenatural, fique sabendo que existe toda uma estratégia por trás desse ranking.

Se quiser chegar lá, você terá que otimizar seus textos, site e blog seguindo as últimas tendências e atualizações do Google.

Seja você um redator ou empreendedor, é melhor aprender as técnicas de SEO a seguir para garantir seu tráfego. 

Siga a leitura e coloque em prática o quanto antes. 

Técnicas de SEO

Técnicas de SEO para o Google: vamos falar sobre?

Antes de aprender as técnicas de SEO para o Google, é importante que você entenda o que é SEO.

Já falamos bastante sobre isso aqui no blog, mas vamos recapitular brevemente: SEO se refere à expressão em inglês Search Engine Optimization, que significa otimização para mecanismos de busca.

Nesse caso, otimizar significa melhorar a qualidade do seu site e conteúdo para que se torne mais atrativo para os buscadores e consiga um bom posicionamento nas pesquisas.

Considerando que o Google concentra 88,14% de todas as buscas realizadas na internet (Statista, 2020), o foco é aparecer nas primeiras posições desse buscador.

Hoje, há várias técnicas de SEO para o Google que se aplicam tanto à programação de um site ou blog quanto à produção de conteúdo.

Neste artigo, vamos focar na segunda abordagem, que pode ser aplicada aos textos e estrutura do seu site. 

São ajustes até certo ponto simples que podem levar um artigo a já nascer com uma boa indexação no buscador.

Já quando realizados em um post já antigo, parece até mágica.

É bastante provável que ele salte da terceira para a primeira página do Google.

E tudo isso apenas por pequenas mudanças, obedecendo às tais técnicas de SEO para o Google.

Importância das técnicas de SEO para o Google 

As técnicas de SEO para o Google podem ser a diferença entre um conteúdo com muito tráfego e um conteúdo que fica às moscas no site. 

Se você não investir em otimização, seu projeto de conteúdo ficará vagando no limbo, sem ser encontrado na web.

Vai depender de acessos diretos, sempre imprevisíveis, e de muito suor e interação nas redes sociais, quase sempre insuficientes.

É claro que um texto épico ajuda bastante na sua classificação junto ao Google, mas sem as tais técnicas de SEO, é outro artigo que vai para a terra dos e-mails perdidos.

Vamos resumir bastante, com um recado duro, mas necessário: sem SEO, seu texto não vale nada.

Por outro lado, com SEO, você tem a chance de aparecer na primeira página do Google, de onde vêm os leads mais valiosos e grandes oportunidades de negócio. 

Para você ter uma ideia, 93% de todas as experiências online começam com uma busca, segundo dados do Search Engine Journal.

Além disso, 49% dos usuários usam o Google para encontrar produtos e serviços, segundo dados do Think with Google publicados em 2020 no HubSPot.

Palavra-chave: o centro das técnicas de SEO 

Quando se fala em técnicas de SEO para o Google, quase tudo diz respeito à palavra-chave, também chamada de keyword.

A palavra-chave corresponde ao termo, expressão ou frase que os usuários digitam na caixa de buscas do Google.

E é para oferecer a melhor resposta a essa pesquisa que o seu texto se destina.

Ou seja, se um mesmo assunto pode ser abordado com duas keywords e uma delas tem 10 mil buscas mensais e a outra apenas 100, você vai naquela de maior volume.

Por vezes, essa palavra-chave assume a condição de long tail, ou cauda longa — uma keyword de quatro ou mais palavras.

Ou seja, estamos falando de uma busca bem específica, mas cada vez mais comum.

É uma grande oportunidade para um blog iniciante começar a se destacar e de veteranos firmarem sua posição de autoridade no assunto que abordam.

Então, se o usuário busca apenas por “marketing” ou pesquisa por “como fazer marketing digital em pequenas empresas”, por exemplo, você tem o desafio de oferecer a ele a melhor e mais completa experiência de conteúdo.

9 técnicas de SEO para o Google

Agora que você relembrou o básico da otimização, vamos ao que interessa: as melhores técnicas de SEO para o Google do momento.

Confira e aplique no seu negócio.

1. Use a palavra-chave integral no título

A primeira técnica de SEO que você precisa aprender diz respeito às repetições obrigatórias da palavra-chave no início do texto. 

Para começar, é fundamental que você use a palavra-chave integral, sem nenhuma alteração, logo no início do título. 

Se ela não estiver completa, é quase certo que sua estratégia vai por água abaixo.

Aqui, na agência Redator Hacker, nós já tivemos experiências diversas que mostraram isso de forma clara.

Em uma das mais recentes, trabalhamos a palavra-chave “como ganhar dinheiro na crise”, mas o “como” não figurava no título.

A consequência? Estava na terceira página do Google para essa palavra-chave e na quinta posição para a busca sem o “como”.

Pois acrescentamos o “como”. E o que aconteceu?

O post chegou ao topo do Google e lá permanece para as duas formas de pesquisa, com o “como” e sem o “como”.

Idealmente, a keyword integral deve aparecer no início do título, jamais no final dele.

Por isso, vale a pena criar dois, cinco, dez títulos diferentes até chegar à construção ideal, mesmo que leve um bom tempo.  

Uma dica é começar pela palavra-chave seguida de dois pontos logo, para então completar sua chamada.

2. Use a palavra-chave na primeira frase e primeiro H2

Depois de usar a palavra-chave integral no título, você também precisa repeti-la na primeira frase do texto, logo na introdução, e no primeiro H2

Não é fácil, é claro, porque muitas vezes a construção do termo ou frase não ajuda em nada.

Por exemplo, se a keyword é “o que é marketing de conteúdo”, fica mais difícil iniciar as frases. 

Nesse caso, é preciso buscar soluções criativas como “Entender o que é marketing de conteúdo é essencial” e “É fácil entender o que é marketing de conteúdo: uma estratégia que usa o conteúdo para atrair clientes”. 

Ao marcar a palavra-chave nas posições iniciais do texto, você deixa claro qual será o assunto para o Google e facilita a indexação. 

De fato, caudas longas, construções em primeira pessoa do singular, ou mesmo gramaticalmente imperfeitas são um desafio a mais.

Mesmo assim, é preciso fazer um esforço para repetir a palavra-chave nos lugares certos e ter maiores chances de ranquear no Google.

3. Distribua o conteúdo em Heading Tags

As Heading Tags, ou cabeçalhos, são títulos e subtítulos que ajudam a organizar melhor seu texto e aprimorar a legibilidade — um dos critérios mais importantes para ter um bom posicionamento no Google. 

No nosso artigo sobre estrutura de SEO você tem um guia completo para usar os H1, H2, H3, H4 e dividir seu texto até onde for necessário. 

De acordo com o Yoast, um dos principais plugins de otimização utilizados no mercado, todo texto com mais de 300 palavras precisa utilizar subtítulos para facilitar a leitura e o escaneamento. 

Outra recomendação é utilizar a palavra-chave e suas variações em 75% dos cabeçalhos, para reforçar o tema do texto e facilitar a indexação. 

4. Use Meta Tags

Outra técnica de SEO clássica é o uso das Meta Tags para exibir seu conteúdo de forma personalizada no Google.

A Meta Title, ou SEO Title, corresponde ao título que aparece no Google quando seu link é exibido na SERP (Search Engine Results Page, ou Página de Resultados do Mecanismo de Busca).

Já a Meta Description é a pequena descrição do artigo que aparece logo abaixo do título.

Por exemplo, veja como aparecem o título e a descrição do nosso artigo sobre conteúdo relevante no Google:

Técnicas de SEO

Nesse caso, temos as Meta Tags:

  • Meta Title: Conteúdo Relevante: o que é, por que produzir e como criar
  • Meta Description: O conteúdo relevante é um poderoso ímã de clientes que pode aumentar suas vendas. Confira dicas para produzir o seu. 

Perceba que o título é o mais claro possível sobre o conteúdo e a descrição contém um CTA (Call-to-action, ou chamada para a ação) para despertar uma ação no leitor. 

Lembrando que, se você não personalizar esses campos, o buscador gera o conteúdo automaticamente.

Por isso, é importante definir essas Meta Tags na hora da publicação do conteúdo para aumentar suas chances de subir posições e conseguir cliques. 

5. Use rich snippets e featured snippets

Dois recursos interessantes que você pode usar nas suas técnicas de SEO são os rich snippets e featured snippets

Basicamente, são dois elementos extras que compõem seu link na página de resultados do Google e podem torná-lo mais atrativo.

O rich snippet mostra informações do seu site como avaliações, páginas, endereços e comentários.

Um exemplo é o destaque para o curso e o blog do Redator Hacker, quando buscamos pelo site:

Técnicas de SEO

Já o featured snippet é um quadro com uma resposta rápida para uma pergunta específica, que aparece antes de todos os outros resultados no Google.

Por isso, também é chamado de “posição zero” no Google, e considerado uma grande conquista de SEO.

Por exemplo, quando buscamos pela palavra-chave “o que é gestão fiscal”, o featured snippet pertence à empresa de ERP SISPRO:

Técnicas de SEO

Obviamente, não é fácil conseguir essas posições de maior destaque. 

Para os rich snippets, você pode usar alguns códigos específicos na página e utilizar plugins específicos como o All in One Schema do WordPress, que ajuda a estruturar as informações que devem aparecer.

Já os featured snippets não tiveram sua mágica revelada pelo Google, mas parecem estar ligados à objetividade das respostas a perguntas comuns dos usuários. 

6. Faça deep linking interno

O deep linking interno é outra técnica de SEO que ajuda a mostrar maior profundidade e relevância ao Google. 

Basicamente, você deve criar “textos âncora” (anchor texts) para incluir vários links para outras páginas dentro do seu blog. 

Assim, você consegue interligar todos os posts e criar uma rede organizada, que será lida como mais confiável pelo algoritmo do Google

7. Atualize regularmente seu conteúdo antigo

De acordo com uma pesquisa publicada pelo HubSpot em 2020, 51% das empresas relatam que a atualização de conteúdos antigos tem se provado uma das técnicas de SEO mais eficazes. 

Quando você atualiza um post antigo, consegue aproveitar a autoridade conquistada para melhorar o conteúdo e subir ainda mais no ranking do Google.

Por isso, vale a pena verificar quais são suas publicações com melhor performance e criar um cronograma de revisão e atualização periódica.

8.  Aumente a velocidade de carregamento do site

A velocidade de carregamento das páginas é um fator-chave para a experiência do usuário, usado como referência pelos robôs do Google.

Obviamente, quanto mais rápido suas páginas carregarem na versão para desktop e dispositivos móveis, melhor.

O Google tem até uma ferramenta para desenvolvedores que mede essa velocidade e dá sugestões para agilizar o carregamento, chamada PageSpeed Insights.

De modo geral, é recomendado que suas páginas não levem mais do que 3 segundos para exibir todo o conteúdo.

Segundo o Think with Google, estas são as faixas de velocidade de carregamento suas respectivas taxas de rejeição:

  • 1 a 3 segundos: a probabilidade de rejeição aumenta 32%
  • 1 a 5 segundos: a probabilidade de rejeição aumenta 90%
  • 1 a 6 segundos: a probabilidade de rejeição aumenta 106%.

Para reduzir o tempo de carregamento, você terá que usar as ferramentas de análise e verificar problemas como imagens sem padrão ou grandes demais, requisições HTTP em excesso e políticas de cache ineficazes. 

9. Aposte no “As pessoas também perguntam”

Para finalizar, o recurso “As pessoas também perguntam” (People Also Ask ou PAA) do Google vem se destacando como uma grande oportunidade de SEO. 

De acordo com um estudo do SEMRush publicado em 2020, as caixas de PAA estão presentes em quase metade dos resultados de busca do Google e, frequentemente, aparecem entre as três primeiras posições.

Por exemplo, se você pergunta “O que é SEO” para o Google, aparece a seguinte PAA:

Técnicas de SEO

Dentro de cada pergunta, é ranqueado um link com a melhor resposta encontrada pelo Google. 

Para aproveitar mais esse resultado rico, você pode inserir perguntas e respostas relacionadas a palavras-chave nos seus conteúdos.  

Conte com especialistas em técnicas de SEO

Você viu neste artigo que ter domínio sobre as principais técnicas de SEO para o Google faz toda a diferença quanto ao posicionamento do seu texto no buscador.

Agora você tem a chance de aproveitar essas táticas para alavancar seus links no ranking, atrair mais leads e aumentar suas vendas. 

Sabe como?

Contratando a agência Redator Hacker para cuidar dos seus projetos de conteúdo, produzir textos otimizados para SEO e conquistar as primeiras posições do Google para a sua marca.

Nosso método exclusivo pega o leitor pela mão e guia por todo o seu conteúdo até chegar à ação desejada.

Além disso, temos um curso de SEO e marketing de conteúdo exclusivo para quem quer se aprofundar no assunto ou seguir carreira como redator.

Gostou de conhecer técnicas de SEO para o Google?

Se quiser colocá-las em prática e ver os resultados, fale com a gente. 

6 Comments

  1. Clarice disse:

    Adorei as dicas. Muito bom.

  2. Bruna Vieira disse:

    Muito obrigada pelas dicas!

  3. Conceituais e ótimas facilitou me algumas duvidas e interrogações…

  4. […] para o leitor, desde a escolha da palavra-chave ao conteúdo em si.É a partir das técnicas de SEO que o Google pode compreender melhor a qualidade do seu textoe levá-lo ao topo do […]

  5. PAULO disse:

    Achei muito interessante o artigo.
    Parabéns

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *